Aegea marca presença em evento que discute as transformações tecnológicas do país com o Programa Infra Inteligente.

A revolução tecnológica finalmente chegou ao setor de saneamento básico e com isso, ganhos de eficiência operacional e otimização de investimentos. Estes são os itens do case que a Aegea Saneamento abordou no painel “Utilities e a Urgência na Adoção das Novas Tecnologias para Sobreviver na Era Digital”, no dia 30 de outubro, na Futurecom 2019.

Para contar um pouco mais sobre o Infra Inteligente, Wagner Oliveira de Carvalho, líder desta transformação digital na Aegea e panelista do evento, destacou os desafios e resultados preliminares da fase implementação do projeto ao longo do último ano.

Utilizando do que há de mais avançado na metodologia Building Information Modeling (BIM), algumas das concessionárias do grupo já tiveram seus parques ativos mapeados e digitalizados para a criação dos gêmeos digitais, cópias digitais das instalações físicas, que permitem aperfeiçoar processos, reduzir custos e diminuir tempos de manutenção. Os resultados preliminares obtidos têm proporcionado à equipe técnica uma visão mais completa das operações, oferecendo insumos necessários para a tomada de decisão mais assertiva quanto à gestão dos ativos.

O Programa Infra Inteligente tem o objetivo de incorporar a inteligência de dados e a tecnologia para a gestão dos ganhos de eficiência, trazendo a capacidade de alinhar expectativas e transformar o futuro de todo o segmento. Este é um processo que não acontece do dia para a noite, mas passa por um trabalho estruturado, que possa ser sustentado gradativamente para evoluir a cada ciclo.

Share Button

Os comentários estão fechados.