Foi lançando recentemente o Painel Saneamento Brasil, criado pelo Instituto Trata Brasil, uma das principais entidades que atua na conscientização da importância do saneamento básico e na proteção dos recursos hídricos do país.
O novo site disponibiliza informações sobre a cobertura dos serviços de saneamento básico em mais de 200 municípios brasileiros, correlacionando-os com o desenvolvimento econômico e social, algo que pode ser visto pela melhoria dos indicadores de saúde, educação e renda, acompanhando os investimentos e expansão da rede de saneamento. O Instituto também pretende aumentar gradualmente a base de dados do portal e disponibilizar informações das cidades brasileiras com mais de 50 mil habitantes, totalizando 839 municípios até o final deste ano.

A iniciativa é uma inovação do ponto de vista de transparência da informação e evidência os impactos causados pela ausência de saneamento básico na vida das pessoas, pois traz dados – antes contidos em fontes e relatórios dispersos – em um único lugar, para que sejam facilmente comparados.

A plataforma permite a visualização do setor por meio de recortes regionais, o que contribui para uma melhor compreensão sobre desigualdades internas que o Brasil apresenta. O portal tem como objetivo ser base para acompanhamento e planejamento de políticas públicas de redução do déficit de saneamento, além de informar sobre a importância de priorização do tema dentro da agenda de desenvolvimento do País.

Esse é um dos pontos defendidos pela Aegea: transparência nas ações implementadas e das metas contratuais firmadas em cada município. A população tem que conhecer o cenário do saneamento no seu município e estado. Somente conhecendo a real dimensão do problema a ser vencido é que se torna possível traçar caminhos e estratégias efetivas para que o país combata o déficit do saneamento.

Para ter mais informações sobre o retrato desigual que o Brasil enfrente atualmente, saiba o que pensa Hamilton Amadeo, CEO da Aegea, no artigo “É Fundamental Dimensionar”.

Share Button

Os comentários estão fechados.