Em setembro, em comemoração ao primeiro ano da criação do programa “Respeito Dá o Tom” em parceria com o Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), a Aegea reiterou seu compromisso e engajamento com a realização de ações afirmativas que promovam a ampliação de oportunidades de trabalho para a população negra, além de fomentar o debate sobre igualdade racial e combate ao preconceito, buscando gerar impactos positivos para a sociedade.

Ao tornar o combate ao racismo pauta do desenvolvimento e dos valores da empresa, a Aegea tem realizado, desde 2017, reflexões e rodas de conversa sobre a inclusão de negros no mercado de trabalho, além de estabelecer ações reais para ampliar a presença de profissionais negros em todas as suas esferas de atuação, fazendo com que a companhia avance em uma agenda inclusiva contribuindo na construção de uma sociedade mais igualitária e mais justa para todos.

A iniciativa vem alcançando bons resultados: foram estabelecidos 12 comitês, locais responsáveis pelo desenvolvimento de atividades do programa “Respeito Dá o Tom”, assim como, a promoção de mais de 50 conversas ou palestras, ou rodas de conversa abordando questões de diferentes âmbitos ligados ao racismo, discriminação, viés inconsciente e ações afirmativas.

Além disso, o programa tem conquistado cada vez mais o reconhecimento do mercado. Recebeu em maio deste ano o prêmio concedido pelo ID_BR, além de ter sido premiado com o Selo Municipal de Direitos Humanos e Diversidade, que reconhece boas práticas de promoção dos direitos humanos e a valorização da diversidade, elaborada por organizações públicas e privada que atuem na cidade de São Paulo.

O objetivo do programa é a de espelhar nos mais diversos níveis da organização a demografia das cidades onde a Aegea atua. Suportado por três pilares, desenvolvimento, empregabilidade e relacionamento.
Saiba mais detalhes do “Respeito Dá o Tom” na última edição da Revista Aegea.

Share Button

Os comentários estão fechados.