O programa Timon Saneada 1 foi lançado na noite de ontem (05), pela Águas de Timon, em parceria com a Prefeitura do município, em evento realizado no Centro de Convenções Maranhense. O primeiro pacote de obras da Águas de Timon envolve a construção de uma Estação de Tratamento de Água, sede administrativa e Loja de Atendimento, além de 20 Km de extensão de rede, reforma e modernização de sistemas e reservatórios. Estes investimentos visam a universalização da água na zona urbana do município.

O diretor-presidente da Águas de Timon, Renato Medicis, apresentou ao público as realizações da concessionária desde o dia 30 de abril – quando a empresa assumiu os serviços de abastecimento de água e tratamento de esgoto na área urbana de Timon – e anunciou os investimentos que compõem o programa Timon Saneada 1. “Os investimentos já começaram e agora serão intensificados, sobretudo com a construção da Estação de Tratamento de Água, um grande passo para a meta de atingir 100% de abastecimento de água na zona urbana”, pontuou. “Isto só é possível graças ao comprometimento não só da Águas de Timon, mas também do poder concedente e, principalmente dos colaboradores da Águas de Timon, em sua maior parte, timonenses”, completou.

“Não tenho dúvidas de que no ano que vem estarei abrindo o registro para que possamos fazer a captação do Rio Parnaíba, pela Estação de Tratamento de Água; assim como não tenho dúvidas que em 2016 todos os timonenses da área urbana terão água tratada em suas residências”, destacou o prefeito Luciano Leitoa. O chefe do executivo elogiou a efetividade dos serviços e a transparência da concessionária. “Desde o início da operação da Águas de Timon, em abril, percebeu-se que todas as metas estão sendo respeitadas, que os prazos estão sendo cumpridos. Na atual situação econômica em que o país se encontra, jamais teríamos condições de investir R$ 5 milhões em saneamento em um período tão curto, de menos de seis meses”.

A Águas de Timon já reformou 11 sistemas do município, realizou mais de 500 intervenções operacionais na rede, trocou 12 bombas e adequou 16 painéis elétricos de automação, entre outras ações que refletem na qualidade da água que hoje passa por tratamento e rigorosas análises de qualidade. “O município precisaria de 80 anos para custear os investimentos iniciais que a Águas de Timon já promoveu – uma capacidade de investimento que só é possível graças a esse modelo de repasse de serviços para a iniciativa privada, em forma de concessão. É importe destacar que estas melhorias, após o término do contrato, ficam com o município”, frisou o deputado estadual Rafael Leitoa.

Os vereadores que votaram favoravelmente ao Projeto de Lei que autorizou a concessão foram lembrados pelo atual presidente da Câmara Municipal de Timon, Uilma Resende. “Estes vereadores deram um passo muito importante para o que hoje está sendo anunciado aqui, o programa Timon Saneada 1, que envolve a construção da ETA e a certeza de que os timonenses terão água em suas casas”.

A Estação de Tratamento de Água já está em fabricação e será constituída de chapas de aço, ficará localizada na Vila do Bec e fará a captação superficial do Rio Parnaíba. Em Timon, os investimentos, ao longo dos 30 anos do contrato de concessão, serão de aproximadamente R$ 180 milhões.

Share Button

Os comentários estão fechados.