Para comemorar o Dia das Crianças e os bons resultados da campanha de redução do consumo de água das unidades penais da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), 43 bicicletas foram doadas pela Águas Guariroba e entregues durante evento realizado no Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi. No mesmo evento foi assinado um convênio entre a Agepen e a concessionária para a fiscalização e monitoramento das instalações internas de água e esgoto dos presídios da Capital para identificação de possíveis vazamentos.

De acordo com diretor presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, a campanha que tem o apoio da Águas Guariroba nas unidades penais de Campo Grande já deu resultados positivos para as contas públicas da agência. “Já foram economizados mais de R$ 367,8 mil. Só temos a agradecer aos diretores e internos das unidades que entenderam a necessidade desta campanha”, destacou. O objetivo da ação é reduzir em até 40% o consumo de água nos presídios até o final de 2015.

Para ajudar a atingir a meta, a Águas Guariroba e a Agepen firmaram um convênio durante o evento de entrega das bicicletas. A concessionária vai disponibilizar uma equipe técnica para fiscalizar e monitorar as ligações internas das unidades penais de Campo Grande para identificar vazamentos de água, que são fontes de perdas dentro dos prédios, impactando no consumo.

“Este é um projeto muito relevante para o governo, que tem de buscar a economia do bem público. O projeto dá resultados práticos não apenas financeiros, mas traz uma mudança cultural de preservar a água e o meio ambiente”, avaliou o secretário estadual de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto Assis.

Educação ambiental

A peça teatral “Aventuras no Mundo Encanado”, encenada nas escolas por onde passa o programa de educação ambiental Saúde Nota 10, da concessionária, também foi apresentada no Estabelecimento Penal Irmã Irma Zorzi. “Através de atividades como esta, queremos que mais pessoas fiquem sabendo sobre a importância da água tratada e do esgoto coletado e tratado para a saúde da população e para a preservação do meio ambiente”, afirmou José João Fonseca, presidente da Águas Guariroba.

Segundo A.A., de 29 anos, interna do presídio feminino, o projeto dentro da unidade ajudou a conscientizar a todas sobre os cuidados com o consumo da água. “Trabalho na cozinha e é um lugar onde utilizamos muita água. Sabemos que ela é um bem finito e temos que fazer uso consciente para que nunca acabe”, comentou. A interna também foi uma das contempladas com uma das bicicletas sorteadas. “Estou bastante feliz, apesar de não ter filhos, vou presentear uma sobrinha”. De forma simbólica, ainda foram entregues bicicletas para representantes da Penitenciária de Segurança Máxima, Instituto Penal, Centro de Triagem, Presídio de Trânsito e Centro Penal da Gameleira.

Share Button

Os comentários estão fechados.