As equipes da Águas Guariroba que saem a campo para atender as demandas da população são monitoradas em tempo real através do Sistema de Gerenciamento de Serviços. Por meio de uma atualização do software utilizado pela concessionária, um mapa aponta nas telas de coordenadores e do Centro de Controle Operacional (CCO), a localização, status da atividade e o tempo de todas as fases da ordem de serviço (OS) aberta. A nova configuração do sistema passou a operar nesta última semana de agosto.

 “A atualização da OS Online trouxe um novo layout e novos recursos para serem utilizados pelas equipes de campo que usam os tablets, com o aplicativo mobile. Na versão web, que é gerencial, uma das principais mudanças é que ganhamos um mapa onde podemos visualizar em tempo real todas as equipes em serviço”, explica o analista de controle da empresa, Bruno Gayet, responsável pela implantação do sistema.

“As mudanças na versão mobile deixaram o aplicativo mais ágil, melhorando a performance das equipes. O sistema é muito intuitivo”, avalia Gayet. Para o gestor da Base Operacional, Rodrigo Moraes de Souza, o objetivo do novo sistema é que a população ganhe em qualidade na prestação do serviço. “Com a atualização da OS Online, ganhamos em logística porque é uma importante ferramenta gerencial que nos permite atender mais rapidamente o cliente que abriu uma ordem de serviço”, afirma.

Quando a concessionária recebe uma demanda de consumidor através de um dos canais de atendimento, é aberta uma ordem de serviço. A OS é recebida pelos coordenadores de equipes, que fazem a programação dos serviços executados pelos trabalhadores de campo. Na rua, com o tablet, a equipe visualiza no aplicativo a atividade a ser realizada e informa as fases de atendimento, que vão desde deslocamento, preparação da área até a finalização do OS. Tudo isso é visualizado nas telas gerenciais dos coordenadores e do Centro de Controle Operacional da concessionária.

A nova configuração do Sistema de Gerenciamento de Serviços também disponibiliza um “mapa de calor”, onde são apontados os locais em que há maiores demandas de intervenções da concessionária, como combate a vazamentos, por exemplo. “O ‘heat map’ é um recurso que acrescenta muito ao aplicativo e vai nos auxiliar na tomada de decisões, no planejamento de ações da empresa”, destaca Bruno Gayet.

“Além de ter migrado todos os tablets das equipes para o software atualizado, agregamos mais funcionalidades aos equipamentos, como um aplicativo de rastreamento em caso de roubo. Com ele, podemos acionar a câmera e até enviar mensagem de voz para o tablet extraviado”, lembra Gayet. “Sabemos que esta é apenas a ponta do iceberg. Temos muito a aperfeiçoar no sistema e estamos buscando estas melhorias”.

Share Button

Os comentários estão fechados.