Águas de São Francisco inaugura Centro de Controle Operacional que envolve comunicação a rádio e uso de software

Segurança no sistema de abastecimento de água. Este é o objetivo do Centro de Controle Operacional (CCO) da Águas de São Francisco, empresa do grupo Aegea Saneamento. Em Barcarena, a concessionária dos serviços de água e esgoto já pode operar equipamentos a distância, 24h por dia. A inauguração ocorreu na manhã do último dia 23, em alusão ao Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março.

Tecnologia possibilita ligar e desligar bombas submersas e recalques; acompanhar o nível dos reservatórios e da pressão de saída na distribuição de água; verificar o status das correntes de bombas dosadoras; visualizar o modo de operação dos poços e gerar relatórios de mensuração de parâmetros.

“Conseguimos identificar o problema na hora em que ele acontece e podemos tomar as devidas providências”, explica Karla Brandão, supervisora operacional e comercial da Águas de São Francisco. As constantes quedas no fornecimento de energia podem interromper a operação das bombas que abastecem o município. Com o monitoramento do CCO, estas falhas são detectadas imediatamente e os equipamentos são operados sem a necessidade de deslocar mão de obra para os subsistemas, geograficamente distantes.

A agilidade no procedimento é fruto de investimentos em tecnologia, realizados ao longo do primeiro ano de atuação da concessionária no município. Os painéis de automação, que antes eram manuais, agora operam também em modo automático. Eles foram conectados ao Controlador Lógico Programado (CLP’s). Foi realizada ainda a instalação da Telemetria – sistema de transmissão de dados – e a fixação de antenas de comunicação a rádio em todos os sistemas. Junto ao sinal da Telemetria, são enviadas imagens das câmeras instaladas em sete subsistemas. Todas as informações são enviadas para o CCO, que utiliza tecnologia moderna e permite acompanhamento das telas em 3D, via software Elipse.

O Centro de Controle Operacional poderá operar a distância os subsistemas de Barcarena, localizados em Barcarena Sede, Vila dos Cabanos, Vila do Conde, Pioneiro, Arapari e São Francisco. Os equipamentos serão monitorados por quatro operadores, na Estação de Tratamento de Água (ETA) da Vila dos Cabanos.  O CCO está presente em várias unidades da Aegea, que atua em 37 municípios, situados em oito estados, atendendo 2,7 milhões de pessoas.

Sobre a Águas de São Francisco – A empresa é responsável pelos serviços de abastecimento de água e tratamento de esgoto de Barcarena. A concessionária iniciou a atuação no município em 5 de fevereiro de 2014, data da assinatura do contrato de concessão, que destinou à Águas de São Francisco a responsabilidade dos serviços de saneamento básico por 30 anos. A concessionária já conseguiu melhorar a qualidade e regularizar o abastecimento em Barcarena – otimizando a produção em 79%.

Share Button

Os comentários estão fechados.