Para detectar vazamentos invisíveis na tubulação de água, aqueles que ficam em baixo do asfalto, a concessionária Águas Guariroba realiza o geofonamento noturno. Uma técnica que localiza ruídos na rede de abastecimento. A prática é uma das ações de combate a perdas de água desenvolvidas em Campo Grande. Em 2014, 955 vazamentos foram encontrados e sanados através deste trabalho.
A ação é realizada sempre durante a madrugada, quando os técnicos da concessionária percorrem bairros ouvindo, com o geofone, o funcionamento da rede de água, em busca de vazamentos que não aparecem no asfalto. “A vistoria é feita à noite por conta do ruído. Há menos interferência de barulhos, principalmente do trânsito, por isso é o momento mais propício”, comenta o técnico de geofonamento da Águas Guariroba, Nilson Vargas Martins.

Em busca destes pontos invisíveis de perdas de água, a equipe de geofonamento da concessionária já percorreu mais de 1,5 mil quilômetros de rede de água nos doze meses do ano passado. De acordo com a gestora de Combate a Perdas da Águas Guariroba, Suellen Alves Ferreira, as ações do geofonamento são realizadas em duas frentes: preventiva e corretiva. “Nas vistorias preventivas, a equipe busca vazamentos que ainda não afloraram no asfalto, que são invisíveis. Estes vazamentos poderiam ficar sem serem notados por um longo período, porque a água pode seguir para uma galeria de drenagem ou mesmo para a rede de esgoto”, observa.
“Já nas ações corretivas, o trabalho da equipe de geofonamento é achar o lugar exato do vazamento para a manutenção. Quando ocorre alguma anomalia na rede, identificada pelo Centro de Controle Operacional (CCO), uma equipe é encaminhada ao local para encontrar o lugar onde há o vazamento subterrâneo e assim podemos sanar o problema”, comenta Suellen.

Campo Grande tem, atualmente, um dos menores percentuais de perdas de água do País com um índice de cerca de 20%. A média brasileira fica em torno de 40%, conforme o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (Snis/2012). Com a redução de perdas de água, a concessionária contribui para preservar os recursos hídricos e ainda reduz o consumo de energia elétrica. Para os consumidores, o resultado é a melhoria da qualidade dos serviços, com redução de vazamentos e faltas de água por manutenção.

Share Button

Os comentários estão fechados.