O Dia da Árvore, comemorado no último domingo, foi marcado pelo plantio de 200 mudas de espécies nativas do cerrado em Campo Grande. A ação foi realizada no canteiro central da Avenida Prefeito Lúdio Coelho, por meio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur), em parceria com a Águas Guariroba. As mudas plantadas são cultivadas no viveiro mantido pela concessionária na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Los Angeles, que tem capacidade para produzir 50 mil mudas por ano.

Paineira rosa, paineira branca, manduvi, bálsamo, jequitibá rosa e munguba, são as espécies de árvores que agora fazem parte do canteiro da avenida que liga a Duque de Caxias ao Anel Viário. De acordo com o presidente da Águas Guariroba, José João Fonseca, o plantio de mudas no Dia da Árvore chama a atenção da comunidade para a importância da arborização para a qualidade de vida das pessoas e para a preservação dos mananciais e captações subterrâneas. “As árvores ajudam a preservar as áreas de nascentes dos nossos mananciais e também fazem com que a água infiltre nos pontos onde há captações subterrâneas. Então é muito importante que as pessoas saibam o valor da arborização, e que muito mais gente esteja envolvida em projetos como este”, afirmou Fonseca. “Nós queremos ver Campo Grande ainda mais arborizada, ainda mais bonita e trazendo qualidade de vida para a população”, destacou. Além de doar as mudas plantadas, a Águas Guariroba, empresa da Aegea, também fez a distribuição de sementes de ipê-roxo.

O secretário de meio ambiente e desenvolvimento urbano, João Alberto dos Santos, apontou os principais benefícios do plantio para a Capital. “A arborização no processo de urbanização da cidade é relevante, melhora o clima urbano, proporciona controle da poluição, melhora a paisagem e traz uma série de benefícios para a comunidade”, observou. “Quanto mais árvores nós tivermos dentro do perímetro urbano, mais benefícios teremos para a população. Elas captam o gás carbônico da atmosfera, incorpora ao seu desenvolvimento e isso ajuda no trabalho de despoluição”, explica o gestor de Meio Ambiente e Qualidade da Águas Guariroba, Fernando Garayo.

O plantio de mudas na Avenida Prefeito Lúdio Coelho teve ainda a participação de moradores, lideranças comunitárias, alunos escoteiros e do Projeto Florestinha, desenvolvido pela Polícia Militar Ambiental. Pietro Luidi Vieira Prestano, de 10 anos, segundo tenente do projeto, destacou o papel da sociedade para a preservação da natureza. “Nós podemos ajudar, temos que fazer a nossa parte para ajudar o planeta melhorando a nossa cidade. Plantar árvores é uma das coisas que podemos fazer para isso”, salientou.

“Alguns dos princípios dos Escoteiros são a preservação, a sustentabilidade e a recuperação do meio ambiente. Aqui, nesta ação de plantio, estamos em contato com o natural no meio urbano. Queremos trazer aos alunos a competência do cuidado, para que eles entendam que nós formamos um elo com a natureza”, comentou a diretora técnica Leize Demétrio da Silva, do Grupo Escoteiros Mário Dilson, do Jardim Noroeste.

Share Button

Os comentários estão fechados.