Com o objetivo de promover a melhoria do sistema de esgotamento sanitário que atende aos bairros Bosques do Lenheiro e Gilda, a concessionária Águas do Mirante concluiu na última semana, o projeto de substituição da rede coletora de esgoto.

O projeto planejado e executado pela área de Engenharia e Manutenção, foi realizado em seis etapas para desviar o fluxo de esgoto da Rua Pinheiros e desafogar a rede que recebia todo efluente do Bosques do Lenheiro e do bairro Gilda.

Desde o início da operação da Águas do Mirante no município, até o momento, foram executadas 828 desobstruções na rede de esgoto dos bairros Bosques do Lenheiro e Gilda, a média de 32 desobstruções por mês e cerca de uma por dia.

No total, foram substituídas 63 ligações, implantados 766 metros de rede com diâmetro variando entre 200 e 250 mm, e profundidade média de execução de 2,50 metros. Além de novos poços de vistas as manilhas de cerâmicas foram substituídas por PVC, o que garante maior durabilidade e eficiência ao processo de coleta de esgoto. A operação completa envolveu as ruas Seringueiras e trecho da Pau Brasil, passando pelas ruas Dos Mognos, Castanheiras, Oliveiras, Jataís e Guariroba.

Para minimizar os transtornos aso moradores da localidade a empresa providenciou a lavagem das ruas com água de reuso todos os dias, ao término das atividades.

De acordo com o gerente de Engenharia, Fábio Arruda, promover melhorias na rede coletora de esgoto de uma determinada área, beneficia o sistema como um todo e auxilia a comunidade inserida na região. “O projeto foi planejado e executado com a finalidade de garantir o funcionamento perfeito da rede que atende aos dois bairros e desta forma, proporcionar melhores condições de vida às comunidades do Bosques e Gilda”, esclarece Arruda.

Share Button

Os comentários estão fechados.