No Dia Mundial da Água (22 de março) Campo Grande ganhará uma nova estação de tratamento de esgoto. Localizada no pólo empresarial oeste, a obra beneficiará cerca de 42 mil moradores de bairros da região urbana do Imbirussu. A Águas Guariroba investiu 16,5 milhões na construção da estação, que entra em operação com tecnologia inédita no Brasil.

A nova estação de tratamento de esgoto, batizada (ETE) Imbirussu, ocupa dois mil metros quadrados de área construída e terá capacidade inicial para tratar 120 litros de esgoto por segundo. A obra faz parte da segunda etapa do programa Sanear Morena, lançado pela Águas Guariroba para ampliar o serviço de esgoto para 70% da população até o final de 2013. Com investimento total de R$ 57 milhões, os bairros da região Imbirussu estão recebendo ainda 139 quilômetros de rede de esgoto e 13 mil novas ligações domiciliares.

Tecnologia

No sistema convencional, cada etapa do tratamento do esgoto é realizada em um tanque diferente. O conceito adotado para a operação da ETE Imbirussu é inovador: o tratamento do esgoto é aeróbio e realizado em um sistema compacto, onde todos os processos de reação, sedimentação e decantação do esgoto acontecem em um mesmo tanque.

O reator da nova estação de tratamento será dotado de difusores que funcionam como uma espécie de chuveiros de ar, responsáveis por fornecer o oxigênio necessário para a sobrevivência das bactérias aeróbias, que se alimentam da matéria orgânica presente no esgoto. Além de fabricantes nacionais, a Águas Guariroba investiu na aquisição de equipamentos adquiridos de fabricantes dos Estados Unidos, Alemanha, Argentina e Espanha. A inovação garante um tratamento com alto nível de eficiência, de aproximadamente 95%.

Universalização

O esgoto é uma fonte de contaminação que, se não receber a destinação correta, traz prejuízos ao meio ambiente e à saúde das pessoas. Em Campo Grande, todo o esgoto coletado passa por um processo de tratamento antes de voltar para os córregos. “Tratar o esgoto é fundamental para proteger a água. Por isso, a inauguração da ETE Imbirussu, que dispõem do que há de mais moderno em tecnologia para garantir a eficiência do tratamento, será um marco tão importante nesse Dia Mundial da Água”, afirma José João Fonseca, presidente da Águas Guariroba.

Após a conclusão desta segunda etapa do Sanear Morena, a Águas Guariroba, empresa da holding Aegea – que agrega as concessionárias de saneamento do Grupo Equipav, dará início ao programa de universalização, que irá ampliar o serviço de coleta e tratamento de esgoto para toda a população de Campo Grande,  com investimentos de R$ 636 milhões até 2025.

Fonte: Águas Guariroba

Share Button

Os comentários estão fechados.